(047) 3311-3223      contato@gianegauze.com.br    |   

Janeiro é o mês de combate à hanseníase. O que você sabe sobre esta doença?

A hanseníase é uma das doenças mais antigas da humanidade. Antigamente, ela era conhecida como lepra, e geralmente associada a uma praga divina ou uma punição pelos pecados. Os portadores da doença, chamados de ‘leprosos’, eram isolados por causa do risco de contágio. A hanseníase é uma doença crônica causada pelo bacilo de Hansen, e afeta a pele e o sistema nervoso periférico.

Principais sintomas

O principal sintoma – e o mais comum – são manchas na pele com alteração na sensibilidade. Essas manchas podem ser brancas ou avermelhadas. Além disso, pode haver a sensação de fisgada, choque, dormência e formigamento, além de perda de força muscular na região onde os nervos forem afetados.

Se não tratada, ou tratada tardiamente, a hanseníase pode deixar sequelas graves, como até mesmo paralisia.

Diga não ao preconceito!

Assim como antigamente, a hanseníase ainda é alvo de muito preconceito. Além da luta contra a doença, sempre prezamos pela empatia e respeito ao próximo. O primeiro passo é buscando e compartilhando informações. A hanseníase tem cura, e já nos primeiros momentos do tratamento ela para de ser contagiosa. Em homenagem ao Janeiro Roxo, vamos todos nos unir e combater essa enfermidade!

Fonte: Medical Site

07 de Janeiro de 2021

Agende sua consulta